Vila TertúliaVila Tertúlia

Entre os dias 6 e 17 de setembro, a cidade de Gonçalves convida a todos os devotos a participarem da Festa em Louvor à Nossa Senhora das Dores 2017.

A Paróquia da santa padroeira da cidade fica localizada na Praça Mons. Dutra, 247, Centro.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

nossa-sra-dores

 

Oração à Nossa Senhora das Dores

Ó Mãe de Jesus e nossa Mãe, Senhora das Dores, nós vos contemplamos pela fé, aos pés da cruz, tendo nos braços o corpo sem vida do Vosso Filho. Uma espada de dor transpassou vossa alma como predissera o velho Simeão.

Vós sois a Mãe das Dores. E continuais a sofrer as dores do Vosso povo, porque sois Mãe, companheira, peregrina e solidária.

Recolhei em vossas mãos os anseios e as angústias do povo sofrido, sem paz, sem pão, sem teto, sem direito a viver dignamente. E com vossas graças, fortalecei aqueles que lutam por transformações em nossa sociedade.

Permanecei conosco e dai-nos o Vosso auxílio, para que possamos converter as lutas em vitórias e as dores em alegria.

Rogai por nós, ó Mãe, porque não sois apenas a Mãe das Dores, mas também a Senhora de todas as graças. Amém!


HISTÓRIA

A decisão de criar a Paróquia de Gonçalves se efetivou em 1978 por decreto de Dom José d’Angelo Neto, mas os cinco primeiros anos de sua história foram marcados pela precariedade da organização pastoral. Havia apenas uma missa semanal, aos domingos, celebrada por um dos padres residentes na vizinha cidade de Paraisópolis.

O atendimento aos paroquianos se tornou mais amiúde a partir de 1983, ano em que algumas religiosas e um monge desembarcaram no município incrustado na Serra da Mantiqueira. A atuação desse grupo dinamizou movimentos, pastorais e comunidades rurais, além de fazer surgir o primeiro grupo de jovens da cidade. As Missões Redentoristas de 1984 foram outro fator a contribuir para uma maior entrega às coisas de Deus.

A Gincana dos Jovens, promovida em 1992, desencadeou um processo de mobilização geral da mocidade gonçalvense para a arrecadação de alimentos, posteriormente distribuídos a famílias pobres. Esse evento possibilitou, ainda, o fortalecimento do trabalho de evangelização e dos vínculos familiares. As Santas Missões Populares – Projeto que nasceu da Assembléia Arquidiocesana de 2014 – mobilizou 80 missionários, que visitaram todas as casas da paróquia no intervalo de um ano.

Mais informações acesse o site da Paróquia Nossa Senhora das Dores em www.g15.org.br


Fonte: ARQUIDIOCESE DE POUSO ALEGRE, MG – 50 ANOS. Livro do Jubileu de Ouro. Setembro de 2012, p. 156.

Festa Nossa Senhora das Dores